Barcoeste 4.30 metros

 

CONJUNTO COMPLETO COM ATRELADO= € 5.850
CONJUNTO COMPLETO SEM ATRELADO = € 5.350
SEM MOTOR e SEM ATRELADO= € 3.750

Vendo barco semi-rigido barcoeste de 4.30 metros, em excelente estado, flutuadores impecaveis, sem passagem de ar, com banco e consola. O motor é de 50CV a 2 tempos com trim e arranque eléctrico.

Vai SEM SONDA. Não aceito trocas.

Encontro/Convivio Oceano Ibérico – Resumo

 

Foi no passado dia 16 de Junho de 2018 na Praia do Brejo Largo, concelho de Odemira, que se realizou o 1º Encontro/Convivio 2018 do Oceano Ibérico.

Em primeiro lugar, o Oceano Ibérico agradece a TODOS os presentes, pelo execelente dia que nos proporcionaram de pesca, convivio e companheirismo. Espero, que todos os que vieram de mais longe, tenham feito uma boa viagem de regresso ás suas casas.

Em segundo lugar, um especial agradecimento aos Patrocinadores deste evento, a saber VEGA, Pesca & Companhia e Barros, que mais uma vez acolheram a iniciativa o que permitiu que todos os participantes tivessem a possibilidade de conhecer e receber o que de melhor se produz em Portugal em material de Pesca.

Em terceiro lugar, o Oceano Ibérico agradece igualmente o acolhimento e serviço de execelência proporcionado do Restaurante João da Longueira.

Em relação á manhã de Pesca, sairam ainda uns bons peixes, pese embora, o muito limo que se encontrava em suspenção na água. As principais capturas foram os Robalos, Bailas e Sargos.

Para os maiores exemplares, o Oceano Ibérico premiou os pescadores das 3 modalidades presentes no evento, Spinning, Boia e Surfcasting, com 3 belissímas canas de pesca da VEGA, a saber.

Na modalidade de Boia, o vencedor, Fernando Encarnação, recebeu a cana VEGA Sorento 6 metros.

Na modalide de Spinning, o vencedor, Pedro Rosa, recebeu a cana VEGA EXOSPIN de 3 metros, com um peso de 165 gramas e uma ação de 15-50 gramas, cana esta com grande poder de lançamento de amostras.

Na modalidade de Surfcasting, o vencedor, José Luis, recebeu a cana VEGA Fukashi de 4.5 metros.

O Carreto de Surfcasting VEGA Bullgog 8000 foi sorteado e acabou por ir até Aljustrel, onde existem muutos pescadores desta modalidade.

Pelos presentes, foi solicitado para que o Oceano Ibérico ainda este ano, realize um 2º Encontro/Convivo em Setembro ou Outubro!

Encontro PRAIA BREJO LARGO – Atualização de Informação

 

Face às atuais condições meteorológicas, que têm agastado a costa ocidental, o Oceano Ibérico vê-se forçado a alterar novamente a data do seu Convívio de Pesca. O convívio continuará a ser na Praia do Brejo Largo, só que desta feita, no dia 16 de Junho, com o mesmo horário e ponto de encontro. Esperamos que o tempo nos ajude a concretizar este evento, mas acima de tudo a segurança de todos. Conforme foi referido por um dos participantes, “queremos que seja um dia com condições de pesca para que todos os participantes se divirtam ao máximo e que fique na memoria de todos um dia/convívio inesquecível.”

 

Não falte!

Encontro/Convivo – PRAIA BREJO LARGO

Caros Pescadores Desportivos,

No próxima dia 17 de Março de 2018, vamos ter o nosso primeiro encontro/convívio de 2018. O mesmo será realizada na Praia do Brejo Largo – Longueira/Almograve. Em breve daremos mais informações.

Inscrições em: Fórum Oceano Ibérico

 

Bom dia a todos!

Como podem constatar não vamos ter condições climatéricas propícias para a realização do nosso convívio/evento no próximo sábado dia 17 de Março. Após consulta às marés o mesmo será adiado para o próximo dia 14 de Abril no mesmo local e no mesmo horário. Desde já pedimos desculpas pelo incomodo causado, mas a segurança acima de tudo e todos. Neste sentido, solicito que todos os que nos uma brindar com a vossa presença, nos indiquem se podem estar presente dia 14 de Abril para voltarmos a marcar os lugares de restaurante bem como prepararmos novamente as coisas.

Um abraço e obrigado pela compreensão.

 

Defeso do Sargo

Ministério do Ambiente diz que proibição é necessária para a preservação dos recursos.
O Ministério do Ambiente recusa acabar com o defeso do sargo para a pesca lúdica apeada na Costa Vicentina. A decisão é justificada com a necessidade da preservação dos recursos. Mas os pescadores desportivos queixam-se de discriminação em relação à pesca embarcada e à submarina – que não são abrangidas pela proibição – e ameaçam avançar com formas de luta.
“O período de defeso estabelecido [entre 1 de fevereiro e 15 de março] está relacionado com o fenómeno de arribação das espécies que ocorre naquela altura do ano, em que os animais se deslocam massivamente para a linha de costa para a desova”, refere o Ministério do Ambiente, numa resposta dada esta semana a questões do deputado João Vasconcelos (BE), a que o CM teve acesso.
O gabinete do ministro João Matos Fernandes defende que a discriminação de que se queixam os pescadores lúdicos é apenas “aparente”, porque entende que no período de defeso, durante o inverno, o estado do mar não permite a pesca através de embarcações junto à costa. A Secretaria de Estado das Pescas chegou a elaborar um esboço de Portaria que ia de encontro às reivindicações dos pescadores lúdicos, mas essa intenção foi chumbada pelo Ministério do Ambiente.
David Rosa, das Comissões de Pescadores e População da Costa Portuguesa, diz que os pescadores lúdicos ainda esperam “que o Governo cumpra o que prometeu, que é o fim do defeso nos concelhos do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e a revisão das área de interdição”. Caso contrário, serão desenvolvidas “formas de luta muito fortes”.

Portaria n.º 385-A/2017

Diário da República n.º 248/2017, 1º Suplemento, Série I de 2017-12-28

  • Data de Publicação:2017-12-28
  • Tipo de Diploma:Portaria
  • Número:385-A/2017
  • Emissor:Finanças e Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural
  • Páginas:6724-(2) a 6724-(3)

AUMENTO DAS LICENÇAS DE PESCA!

Taxas de licenciamento do exercício da pesca

 

1 – Pela emissão das licenças a que se referem os artigos 50.º, 53.º, 55.º, 56.º, 57.º e 58.º do Decreto-Lei n.º 112/2017, de 6 de setembro, são devidas as seguintes taxas:

a) «Licença de pesca lúdica nacional» – 20,00 (euro);

b) «Licença de pesca lúdica regional norte» – 12,00 (euro);

c) «Licença de pesca lúdica regional centro» – 12,00 (euro);

d) «Licença de pesca lúdica regional sul» – 12,00 (euro);

e) «Licença de pesca profissional» – 25,00 (euro);

f) «Licença de pesca para não residentes com validade de 7 dias» – 15,00 (euro);

g) «Licença de pesca para não residentes com validade de 30 dias» – 20,00 (euro);

h) «Licença de pesca para não residentes com validade anual» – 50,00 (euro);